almas gêmeas relacionamentos karmicos e chamas gêmeas

Coucher Du Soleil, Couple, L'Amour, Romantique, Romancealmas gêmeas

Como saber si seu relacionamento com alguém si enquadra  em relacionamentos  karmico, almas gêmeas ou chamas gêmeas.

Eu sempre fui fascinado em saber o que une as pessoas, como funciona a união das  almas gêmeas. Por que somos atraídos por relacionamentos fora do comum?

Todos nós aspiramos não apenas a nos apaixonar, mas também a participar desse tipo de história de amor “uma vez em nossa vida”.

À medida que evoluímos, o mesmo acontece com o nosso relacionamento.

Não estamos mais contentes com relacionamentos práticos ou parecemos responder a ideais específicos que nossas famílias ou a sociedade nos ensinaram.

Estamos à procura de uma espécie de amor louco que é experimentado apenas uma vez na vida – mas o que exatamente distingue a relação de almas gêmeas e relacionamentos cármicos?

De fato, um não é melhor que o outro – depende apenas do que vivemos aqui na Terra e de quais lições estamos aprendendo atualmente.

Às vezes, não experimentamos nenhum desses relacionamentos durante a vida e alguns experimentam essas três experiências.

A realidade é que muitas vezes não percebemos que tipo de relacionamento estamos vivenciando até que tenha terminado e aprendemos as lições necessárias.

 

Um dos primeiros relacionamentos que estabelecemos é geralmente cármico. Os relacionamentos cármicos são geralmente lições que não conseguimos aprender de uma vida anterior – essas relações não devem nos salvar, porque elas são destinadas a mudar nosso modo de vida.

O que gera tal vício em relacionamentos cármicos é que parece que, não importa quantas provas nós damos a eles, essas relações simplesmente não parecem funcionar.

Mas não é porque os relacionamentos cármicos não devem funcionar, e não devemos viver nossas vidas com um parceiro cármico.

É difícil aceitar porque não é geralmente sobre amor ou mesmo sobre compatibilidade.

Algo está simplesmente faltando e não está funcionando, não importa o quanto queremos que esse relacionamento funcione – e a pior coisa que podemos fazer é escolher não deixar ir.

Os relacionamentos cármicos são extravagantes e parecem quase absurdo às vezes, mas o propósito final desses tipos de relacionamentos é emergir em nossas vidas, mudar a nós mesmos e sair de nossas vidas.

Muitas vezes, as pessoas que se casaram e se divorciaram em uma idade jovem se casaram com um relacionamento kármico, em vez de deixar ir quando era a hora certa.

Principal lição

A principal lição deste tipo de relacionamento é que temos que ser fortes o suficiente para deixá-los ir quando e não ficar colocando virgulas onde deveríamos por um ponto final.

Embora alguns de nós possam experimentar muitos relacionamentos cármicos ao longo da vida, o que constitui o próximo passo, depois de tomar as lições necessárias, é freqüentemente o amor da alma gêmea.

As almas gêmeas podem ser o melhor tipo de amor. Seres simples e doces, mas tão complexos quanto uma excelente safra.

As almas gêmeas são frequentemente as pessoas com quem nos casamos e com as quais escolhemos construir nossas vidas, porque existe uma conexão única que é criada. Estas são as pessoas que nos trazem uma sensação de bem-estar em nossas vidas, e isso parece nos tocar em um nível totalmente novo.

Por mais maravilhosos que sejam, almas gêmeas às vezes nos desafiam. Esta é uma das razões pelas quais estamos tão confusos em saber que tipo de relacionamentos estamos. Em todas essas conexões, há desafios.

Nenhum desses relacionamentos é sobre apaziguar ou deixar nosso ego à vontade.

No entanto, a alma gêmea difere do relacionamento kármico pelo tipo de lição que acrescentamos e pelo modo como se apresenta em nossas vidas.

Os relacionamentos cármicos são muitas vezes “sobre” a maneira como vemos o mundo exterior e os outros – enquanto a alma gêmea ativará as lições internas envolvendo auto-estima, medo, pressões sociais e nosso valor de amar.

Vibração e frequência

Simplesmente atraímos para nós mesmos a frequência na qual estamos vibrando no momento.  Meu lema favorito é “Eu irradio em torno de mim o que sou, então desenho para mim mesmo o que sou”. Se você mudar sua maneira de pensar, atrairá para você outras pessoas e outras situações “).

As almas gêmeas são as pessoas com as quais sentimos uma afinidade inegável, como se nos conhecêssemos antes mesmo de nossa reunião.

O elemento mais revelador do amor de uma alma gêmea é que nos faz sentir como se dependesse de nós fazer algum trabalho em nós mesmos – e não no outro ou nos problemas que existem em o relacionamento.

Às vezes, o relacionamento com a alma gêmea nos dá a sensação de não merecer a outra pessoa.

Algumas almas gêmeas entram em nossas vidas com o único propósito de nos ajudar a realizar nossa grandeza, a reservar as “grandes questões” que envolvem o Eu, para descobrir as respostas que favorecem nossa evolução e o processo de autoconsciência.

As almas gêmeas também são pessoas que se preocupam conosco – ao contrário do amante cármico, cuja única preocupação é sua própria pessoa e suas próprias necessidades.

Esses tipos maravilhosos de relacionamentos não necessariamente têm que ser românticos, na maioria das vezes estamos em círculos semelhantes de alma durante nossa vida – e aqueles que representam nossa família não são necessariamente aqueles com quem compartilhamos o mesmo sangue.

Por mais transcendente e reveladora que a relação com uma alma gêmea possa ser, ela não é nada comparada à experiência de reconectar-se com nossa chama gêmea.

L'Amour, Romance, Romantique, Nuit Romantique, Amour

As chamas gêmeas são frequentemente consideradas como um mito urbano, mas quanto mais a sociedade aumenta a consciência, mais essa conexão ocorrerá.

As chamas gêmeas são uma mistura de tendências kármicas e almas gêmeas, associadas a qualidades inteiramente novas que desafiam nosso ego e nosso “senso de si”.

As chamas gêmeas não são apenas pessoas com as quais nos conectamos no nível da alma, mas seres com os quais compartilhamos a mesma alma.

Como a teoria diz, “As chamas gêmeas foram separadas da mesma fonte de alma na aurora dos tempos e então divididas em dois corpos físicos. ”

O momento em que entramos em contato com nossa chama gêmea ocorre como uma espécie de efeito de espelho. Tudo o que tentamos fugir ou negar em nossas vidas de repente explode na nossa cara.

Esses tipos de amor nos colocam diante de nossos medos e desejos baseados no ego – não apenas sobre como nos sentimos internamente, mas sobre como interagimos com todas as facetas de nossas vidas.

Nem todos teremos a sorte de nos reunirmos com a nossa chama gêmea, mas se tivermos sorte, isso só poderá acontecer uma vez na vida – e nenhum outro relacionamento será o mesmo. mesmo.

Desafios no relacionamento

Sem dúvida, haverá medos e muitos desafios, haverá fases de corrida e perseguição, dependendo do desenvolvimento espiritual e pessoal dos dois indivíduos.

Mas não importa quantos desses desafios, é possível encontrar e permanecer com nossa chama gêmea – embora se presuma que isso só possa acontecer durante sua última vida aqui na Terra.

Independentemente do tipo de relacionamento romântico em que estamos, haverá barreiras e desafios que terão o potencial de nos ajudar a evoluir e aumentar nosso potencial de crescimento.

A coisa mais importante a lembrar com todos esses tipos de relacionamentos é que, se alguém está procurando seguir em frente, é vital que os deixemos ir.

Quer se trate de um relacionamento cármico cujo único propósito é entrar em nossas vidas para ser o catalisador da mudança, ou uma alma gêmea cujo objetivo é nos desafiar amorosamente a nos tornar a melhor pessoa que nós pode ser, ou é simplesmente a nossa metade – não há amor pelo qual devemos implorar ou tentar segurar por medo de perdê-lo.

Independentemente do tipo de relacionamento que temos, o mais importante é aprendermos a ter amor proprio e assim vencer todos os desafios de qualquer tipo de relacionamento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *